segunda-feira, 2 de maio de 2011

Projeto que nunca começa

Olá amigos.
Finalmente, depois de muitas idéias, tomei vergonha na cara e estou partindo para meu primeiro projeto. Em livro. Sou jornalista, trabalho como repórter do Jornal do Commercio do Recife, onde também colaboro para o site jconline.com.br .

A idéia de falar sobre a Paulo Francis Vai Pro Céu apareceu durante um bate papo com um amigo, o jornalista e escritor Roberto Beltrão. Além de companheiro de trabalho, Beto foi o primeiro baterista da banda PFVPC, ainda quando se chamavam NDR. Depois desse papo, veio primeiro a idéia de um documentário. Mas depois de ouvir conselhos do amigo, parti para a idéia de um livro. Mas quem sabe, depois desse projeto em papel, a gente não parte para um vídeo?

Bom, a partir de hoje, vão ser muitas conversas com dezenas de pessoas. Afinal, contar a história de uma banda conhecida pelo escracho e pelas críticas sociais não é tão fácil. Vamos em frente e conversaremos por esse blog, que pretende acompanhar os passos desse filho que está nascendo.

Antes que me perguntem, o título do livro pode ser esse, uma alusão ao nome do clip dos Francis, que ganhou o prêmio de melhor Demo Clip pela MTV Brasil.

Vamos nessa!

João Carvalho ( @realejo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário